Trabalho científico – crônica

IMG_0526Eu fui abordado por uma aluna no final do curso, desesperada, preocupada, não sabendo o que fazer por que não tinha muita coisa para colocar no seu Curriculum Lattes e se formaria em seis meses.

– Professor, eu preciso fazer um trabalho científico!

– Que legal, respondi, qual o tema que você quer desenvolver?

– Não sei, professor. O que o senhor sugere?

– Não sei o que você gosta. Que área pretende seguir?

– Mas não é isso professor. Eu estou formando em dezembro e preciso publicar um artigo.

– Sei, respondi. Mas não vai dar tempo de publicar nada.

– Mas professor, eu estou formando em dezembro, eu tenho que publicar alguma coisa. Como que faz um trabalho pra publicar.

– Bem, você tem que achar um tema, disse eu.

– Mas professor, eu estou formando e não sei que tema.

– Depois que você achar um tema, fui paciente, você tem que fazer um projeto.

– Como que faz o projeto, professor? É rapidinho fazer isso, né.

– Não, você que nunca fez nada científico, deve gastar aí uns dois meses pra fazer esse projeto.

– Nossa, professor, mas eu estou formando em dezembro…

– eu sei. Mas tem que ter o projeto. Tem que ter pesquisa bibliográfica.

– O senhor me ajuda? Como que faz um projeto? O que é pesquisa bibliográfica?

– Ajudando a fazer o projeto, não fazendo pra você, você deve gastar uns dois meses… Aí você manda pra Plataforma Brasil que é o Comitê de Ética e Pesquisa.

– Aí publica?

– Não, claro que não. O seu projeto de pesquisa será avaliado pela Plataforma e eles podem demorar no mínimo dois meses para publicar o seu trabalho.

– Nossa, professor. Mas eu estou formando em dezembro será que dá tempo?

– A Plataforma liberando, você tem que fazer pesquisa de campo. Isso vai levar uns três meses, dependendo, é claro, da sua pesquisa, da sua disponibilidade e da sua persistência.

– Nossa, professor, mas então não vai dar tempo, eu formo…

– Eu sei, em dezembro, interrompi.

– E depois?

– Depois que você fizer a pesquisa de campo, de acordo com a sua pesquisa bibliográfica que deve ter no mínimo sessenta artigos científicos dos últimos cinco anos, você tem que escrever o seu artigo. Também te ajudo, não precisa perguntar.

– Mas, professor, tem que ler sessenta artigos, ou pode só cita-los no final.

– Como que você vai escrever o seu artigo se não ler os sessenta e poucos artigos relacionados.

– Uai, escrevendo e o senhor me ajuda.

– Depois que, por ventura a sua coleta de dados ficar pronta, você tem que providenciar a estatística dos dados e acabar de escrever o seu artigo com os resultados que você coletou.

– Estatística, professor, mas eu formo em dezembro.

– Vai gastar uns seis a oito meses pra fazer o seu artigo…

– Aí publica?

– Aí você pode escolher uma revista científica e enviar o seu trabalho pra avaliação da revista com relação à publicação. Se eles gostarem, podem demorar até dois anos para publicar o seu artigo.

– Mas, professor, eu formo em dezembro, não vai dar tempo.

– Não.

– Então como eu faço?

– Não sei!

– Mas eu preciso publicar alguma coisa, eu formo em dezembro…

– Você deveria ter pensado nisso antes. Quiçá no primeiro período.

– Mas eu nem pensei, né, professor. Mas agora preciso.

– Agora não dá tempo.

– E o que que eu faço?

– Não faz. Conta com a sorte de conseguir ser aprovada em uma residência que não cobre isso no currículum. Aliás, você já tem Curriculum Lattes?

– Que que é isso mesmo, professor? Dá tempo de fazer até dezembro?

Anúncios

19 comentários em “Trabalho científico – crônica

  1. Nossa, muito bom Artur!! Me diverti lendo!!! Que paciência….
    Mas essa menina não te conhecia antes, não foi sua aluna, nem foi minha aluna de Metodologia Científica, porque nos esforçamos para ensinar, desde o primeiro dia de aula, tudo isso que você comentou…….. E fica uma pergunta… será que eles se esquecem de quase tudo que a gente fala??!
    Abraços e parabéns pelo blog!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bonjour
    Toi mon ami
    Tu remplis mes jours de joie
    Le matin à mon réveil , tu seras présent au cours de ma journée
    Belle Amitié entre nous , tu ouvres mon cœur
    Tu me donnes ce que j’ai envie par tes petits messages
    Des fois je souries quand je suis mélancolique
    Bises passe une belle journée
    Bernard

    Profite de ton week-end et de la semaine à venir

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s