Quando eu não for mais eu

italia (7)

Quando eu não for mais eu

Quando eu não passar de carne torpe

Apodrecendo como lama nos manguesais

Quando tudo tiver terminado…

Que direi dos amores que tive?

Terei amado mais que o poeta?

Terei sentido, sofrido mais

Que um louco romântico deslumbrado?

Que direi das pessoas que tive?

Dos prazeres que dei, se os dei,

Foram tantos, foram poucos?

Os prazeres que tive… alguns não lembro…

Que direi da vida que vivi?

A intensidade dos meus atos

Valeram a pena? A dor de não

Mais viver, valerá a pena?

Quando eu não for mais eu,

Quando tudo estiver terminado,

Talvez minha ansiedade, essa vontade louca,

Se dissipe pelo universo e desequilibre o cosmos.

Anúncios

4 comentários em “Quando eu não for mais eu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s