A SAGA DO REI ARTUR NA BUSCA DO GRAAL

saga-do-rei

De repente, cada vez mais se insinua no horizonte a presença de um novo dia, talvez sem chuvas e talvez sem turbulências. É chegada a hora e a busca pelo GRAAL torna os homens loucos e a ansiedade é a tônica do momento. Vocês se vão, meus cavalheiros, vão pra outras terras, outros mundos, buscando cada um de vocês o seu amanhã, o seu futuro, o seu Graal. Terras estranhas, mundos estranhos, pessoas, no início, estranhas, depois amigas, partners, amores, tudo isso podo acontecer-lhes na mudança que se lhes descortina daqui a alguns dias.
A távola, antes ponto nosso de reuniões, de encontros para decidir mil coisas, ficará vazia. Não terei mais meus cavalheiros discutindo, rindo, criando, projetando, sofrendo, querendo colo, algumas vezes. Eu muitas vezes, também precisei do colo que vocês puderam me dar, nos momentos nem sempre sorridentes, algumas vezes até bastante difíceis. Momentos tristes que vocês não perceberam, mas que me ajudaram a superar com a energia e a presença contagiante de vocês.
Hoje, que eu percebo que é chegada a hora de vocês partirem em busca do futuro – a formatura a apenas alguns dias -, sinto uma alegria imensa de vê-los crescidos, mais aptos a fazer aquilo que se dispõem, sinto uma tristeza imensa de perder esse nosso contato diário. Dias passarão onde o meu palácio ficará vazio e frio, não haverá notícias das suas vidas, das suas conquistas e derrotas, das suas alegrias e tristezas. Camelot não será jamais o mesmo palácio, apesar do rei estar presente, apesar da corte estar presente, mas faltará a presença mais importante que é a dos cavalheiros do rei.
Como rei Artur de Camelot, ordeno a vocês meus cavalheiros da Távola Redonda, que vão em frente em busca do seu Graal – seus futuros. Vão pela vida e abracem o máximo de oportunidades que puderem e o máximo de vida que puderem, e o máximo de todo máximo que lhes for oferecido. Mas não se esqueçam nunca que estarei sempre à espera do chamado para dar a mão quando for necessário, para dar colo, quando precisarem, para sofrer junto, espero nunca, para ri junto, sempre.
Como o grande pai que abriga nos braços todos os filhos, quero ouvir falar bem de vocês, quero vibrar em cada conquista e saber que os passos que derem daqui pra frente serão seus e que a cada dia, maiores, vocês estarão.
O Graal, bem a busca pelo Graal é infinita. O importante é buscar. Não se pode jamais desanimar no caminho porque senão vocês não serão nada. Nossos objetivos são a luz que norteia a nossa caminhada e se não temos um porquê, não vivemos. Sejam grandes, dêem tudo de vocês para serem diferentes, para se sobressaírem em tudo o que fizerem. Não esqueçam jamais de fazer a diferença. E, o mais importante, lembrem-se que temos que ter na vida três coisas fundamentais: Conhecimento, bom senso e bom senso.
Estarei sempre por perto, meus cavalheiros, e meu castelo sempre será a casa de vocês todos. Agora se preparem o sol já vai surgir atrás dos morros e vocês têm que pegar seus cavalos e partir pra busca, partir pra vida. Espero poder sempre ser uma força que os impulsiona a continuar. Vão!

Cronica feita para a formatura de grandes amigos aqui em um grande abraço em um churrasco: Fernando Oliveira, Thiago Maciel, Giovani Bernardo, Fábio Almeida Moreira e Guilherme Quatorze Voltas.

Porque sempre partir traz esperança, alegria, tristeza e dor!

Anúncios

4 comentários em “A SAGA DO REI ARTUR NA BUSCA DO GRAAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s