DESESPERANÇA

tunel

Não sei se vale a pena

Fechar os olhos e sonhar

Que o passado ainda está presente

E que o futuro pode me sorrir!

Sonhos são sempre frutos

De uma imaginação

Que, como o néctar, nos alimenta o dia.

E sempre que deixamos o travesseiro,

Percebemos a cama fria

Como a realidade.

Não há sonhos realizáveis?

Não há mais o que esperar!

O passado esvaiu-se de meu ser

Como e éter fulgás e livre…

Carrego hoje só saudades!…

Não tenho forças para fazer um presente,

Não tenho forças para voltar a sorrir.

Não haverá futuro coerente,

Não haverá nada depois do túnel,

Só o abismo, só a desesperança,

Só o caminhar lento

Sem direção, sem perspectiva…

Não sei se vale a pena!…

Anúncios

2 comentários em “DESESPERANÇA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s